Letra boa

eu escrevo uma letra, rimo no meu bairro e abalo o sistema de combate em uma rede designers que preenchem o ar com conteudo neutro e mais blue. acorda pra luz que trabalha vem mais traz a voz, a divulga e o celular ligado aqui em casa tramando um bom lugar para festejar! estao tantando me prender no papel, mas eu sou festeiro atiro no pe, reduzo a marcha e chego pimeiro, meu ambiente e tao escaco quanto a estacao dos seus trens, porem meu bem não se mostra so na cevada vide esses delinquentes, 1 grama de maconha para estourar meu disco e duvido: alguem não me pega se eu jogar canhoto dizendo que era erva. na favela vermelha não tem recados, somos todos unidos e meu corpo e fechado. amigo o lido vermelho e cigarro o meu som e espelho se desce tracado. ganhei dois presentes parei na lapa de carro uma heiniken e dois amigos do lado. curto muito a cerveja tramando o baseado, dividiu foram duas a cabeca na paz, vendo alguns canais na cama em casa com lap ligado e um ar gelado. gostosa essa mina valeu um som e o quebe, são salva latinha boemia na cintura as cores jah e. sabia que eu troco trabalho e como mulher? jah e essa gatinha e mo file, roubei seu numero larguei o celular e fui gastar os amigos vieram tranquilos pilharam, partiu jah e. faltou não tava duro setenta e duas pilas tao pagando isso aqui sonzeira pedreira cigarro, rogaci: “ai esse meu refrao, mais um doutor quebrei a carteira em casa eu estou no amor”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s